Os membros do DiEM25 decidiram coletivamente sobre esta questão Torna-te membro para poderes votar na próxima vez

Junta-te a nós! Regista-te

TransparentTransparentTransparentTransparentTransparentTransparentTransparent

Vota sobre se emitimos ou não uma declaração de apoio a Julian Assange

A

80.37%

B

19.63%

Desde meados de Fevereiro que os membros do DiEM25 estão a considerar emitir uma mensagem de apoio a Julian Assange, proposta pelo CN grego, sobre as quais existem as mais variadas reações – desde apoio incondicional a desacordo total. Documentos: Proposta inicial de apoio do CN Gregodiscussão no fórumcarta aberta do CED de Leipzigproposta de apoio com reservas por Jack e Jean Francodeclaração de apoio do CN Belga, interview with Stefania Maurizi.

Nos últimos tempos o nosso debate foi ultrapassado pelos eventos no Equador e dentro da embaixada deste país (onde o Julian passou os últimos seis anos detido sem justificação e à vista da ONU).

Primeiro, o contacto do Julian ao mundo exterior foi cortado completamente – o que levou a que dois membros do CC, Yanis Varoufakis e Brian Eno, fizessem uma petição para restabelecer o acesso do Julian ao mundo (ex: visitantes e ligação à internet). (A petição juntou mais de 75.000 assinaturas.)

Nos últimos dias ficou claro que o Equador, que se encontra sob imensa pressão dos USA e do Reino Unido, prepara-se para entregar o Assange às autoridades britânicas ao mesmo tempo que a Administração Trump prepara um pedido de extradição por espionagem – pedido que levará a uma prisão preventiva desumana, como no caso de Chelsea Manning. É também claro que o julgamento os EUA vai ser político, o que significa décadas dentro dentro de uma prisão de alta segurança como o que aconteceu com outros prisioneiros políticos.

Com estes desenvolvimentos, cabe ao DiEM25 tomar uma posição clara e concluir as deliberações internas através de uma votação aberta a todos os membros.

Logo é pedido aos membros que votem em uma das duas opções:

OPÇÃO A – O DiEM25 publica em nome dos seus membros, a seguinte mensagem:

O DiEM25 manifesta a sua solidariedade com Julian Assange e com a Wikileaks e pede a todos os progressistas para apoiarem a sua luta pela vida e pela liberdade. Quaisquer que sejam as diferenças de opinião que existam neste momento entre o Julian e o nosso movimento (ex: apoio ao Brexit, que o DiEM25 opôs), estamos orgulhosos por ter uma das maiores figuras da transparência no nosso Painel Consultivo. O Wikileaks tem cumprido o seu papel de forma exemplar ao colocar o Big Brother sob escrutínio e permitir que todos percebam os abusos e os crimes feitos em nosso nome. Não assistiremos passivos enquanto Julian Assange for perseguido por isto e por correr o risco de desparecer no mesmo tipo de sistema de “justiça” que Chelsea Manning ficou a conhecer tão bem.

OPÇÃO B – O DiEM25 não faz declarações públicas sobre julian Assange por enquanto mas continua a discutir internamente o tema até ser possível votar a sua permanência no Painel Consultivo. 

A votação está encerrada

Registar Regista-te