Os membros do DiEM25 decidiram coletivamente sobre esta questão Torna-te membro para poderes votar na próxima vez

Junta-te a nós! Regista-te

TransparentTransparentTransparentTransparentTransparentTransparentTransparent

Aliança Eleitoral entre o DiE e o DiB

Opção 1

90.37%

Opção 2

9.63%

Aliança Eleitoral entre o DiE e o DiB

Por ocasião da reunião do Conselho da Primavera Europeia em Paris, o Demokratie in Bewegung (DiB) foi aceite como membro sob a condição que iria negociar a cooperação com o partido político do DiEM25 na Alemanha, o Demokratie in Europe (DiE). O objetivo é apresentar apenas uma lista que represente a aliança da Primavera Europeia nas eleições europeias de 2019 na Alemanha.

Para este fim foi feito o seguinte acordo entre o DiE e o DiB:



1. Eleições de 2019

O DiB renuncia à sua lista das eleições europeias em favor do DiE, e reemcaminhará os seus recursos para fortalecer a lista do DiE. Se os membros de ambos os grupos decidirem candidatarem-se a eleições paralelas a nível local, devem candidatar-se como parte do DiB. Em qualquer um dos casos, o DiEM25 irá apoiar o DiB nas eleições locais de Maio de 2019, caso os programas eleitorais em questão não sejam contrários ao manifesto do DiEM25: Baden-Württemberg, Brandenburg, Bremen, Hamburg, Mecklenburg-Vorpommern, Rheinland-Pfalz, Saarland, Sachsen, Sachsen-Anhalt e Thüringen.



2. Programas políticos

A primeira versão do programam da Primavera Europeia está a ser discutido, adaptado e expandido num processo aberto que durará algumas semanas e que terá como paticipantes todos os membros europeus. Usaremos este programa como template que será traduzido para alemão através de um processo de consulta aberta a todos os membros (DiEM25 e DiB), que será coordenado pela direção do DiE. O processo de participação aberto do DiB (workshops e colaboração online) será integrado como um das várias maneiras de contribuir para o programa para que as pessoas que não são tecnologicamente aptas não se sintam descartadas. No fim do processo, todas as contribuições para o programa serão incorporadas.



3. Construção da lista

Votaremos nos nossos candidatos para o Parlamento Europeu em dois passos: 1. primárias abertas a nível europeu, 2. assembleia de eleição do DiE.

Nas primárias abertas os candidatos vão submeter a sua candidatura online com texto e vídeo. Será feita uma open call para candidatos – não é obrigatório ser um membro do DiE ou DiB para concorrer. Todos os membros de todos os grupos da Primavera Europeia podem votar nos candidatos.

O DiE deve realizar uma assembleia para votar uma lista de acordo com a lei. Nesta assembleia, os resultados da votação das primárias serão propostos e votados.

Será aplicada paridade de género. Desde que haja candidatas suficientes, 50% dos lugares estão reservadas a mulheres. De formar a garantir listas mais representativas, estão terão 20 lugares. Esta metologia permite-nos focar a nossa atenção e recursos num núcleo de candidatos que dispõe de forte apoio da parte dos membros.

Outras sugestões sobre paridade de género ou outras condições para votação serão discutidas a nível do conselho da Primavera Europeia. Se o conselho não concordar com as regras ou com as cotas de todos os grupos envolvidos na Primavera Europeia, nós iniciaremos outra votação ente o DiB e o DiEM25 sobre quais as condições de votação para a nossa lista comum na Alemanha.



4. Conselho SPV partilhado

Para fortalecer a cooperação entre o DiEM25 e o DiB a caminho das eleições europeias, os membros do DiB são convidados a juntarem-se ao DiE (os membros do DiEM25 são por sua vez convidados a juntarem-se ao DiB) assim como a candidatarem-se a um lugar no SPV.

O conselho terá 15 membros. Todos os membros de ambas as organizações votam nos candidatos a este conselho (DiEM25 + DiB)

8 lugares do conselho estão reservados a membros do DiE, 4 para os membros do DiE e três são livres de serem ocupados por qualquer candidato. No caso de o indivíduo ser membro dos dois grupos (ex: a pessoa é membro do DiEM25 e do DiB) a pertença com mais antiguidade decide qual é o lugar disponível. Caso a disputa se prolongue, o conselho do DiE decide se o membro pode ocupar um lugar do DiE, sendo que o mesmo se aplica do caso do DiB.

Será aplicada a paridade de género (tal como já é feito no conselho do DiE) 

O conselho decide todos os temas estratégicos e políticos (incluindo dar as boas vindas a novos parceiros políticos, relações com os media , orçamentos)

O conselho é apoiado por um conjunto de grupos de trabalho, com várias tarefas e fins (angariação de fundos, campanhas).

A direção do SPV é responsável por disponibilizar os fundos necessários para uma campanha comum.

Os membros do conselho trabalham de forma egualitária e representam o SPV interna e externamente.



5. Nome

O nome será o “Demokratie in Europa – DiEM25 - DiB”, se entretanto não se juntarem outros parceiros. O nome abreviado é “DiEM25 - DiB”.



6. Conselho da Primavera Europeia

Tanto o DiE como o DiB vão enviar um delegado ao conselho da Primavera Europeia para reresentar o SPV comum.



7. Código de ética

O DiE e o DiB vão trabalhar numa alteração ao atual código de ética da Primavera Europeia e colocá-la à consideração do conselho. Se a nossa proposta não for implementada a nível europeu, os candidatos alemães assinaram o código de conduta alterado.



8. Parceiros futuros

O DiE e o DiB vão continuar a falar com outros partidos e forças progressistas na Alemanha para se juntarem à Primavera Europeia e apoiarem o SPV.

Com base no documento acima, por favor vota numa das opções abaixo:

Opção 1: O DiE coopera com o DiB no âmbito de um único SPV e participa nas eleições europeias com base no acordo negociado.

Opção 2: O DiE não deve colaborar com o DiB. A participação do DiE nas eleições europeias será decidida através de uma votação aberta a todos os membros, após o programa e os candidatos finais serem apresentados.



A votação está encerrada

Registar Regista-te