Os membros do DiEM25 decidiram coletivamente sobre esta questão Torna-te membro para poderes votar na próxima vez

Junta-te a nós! Regista-te

Autorização de candidaturas individuais para a Coordenação da Ala Eleitoral Italiana

Sim

97.17%

Não

2.83%

As Alas Eleitorais cumprem um papel importante no nosso movimento: garantem os interesses do nosso movimento no contexto eleitoral. Se

- Os DiEMers quiserem concorrer como candidatos

- Os CEDs quiserem organizar eventos políticos juntamente com os candidatos em período de eleições

- Outro movimento ou partido quiser negociar uma aliança ou parte conjunta com o DiEM25

- Os próprios DiEMers quiserem formar um partido que represente o programa DiEM25 numa eleição local/regional/nacional

a Coordenação das Alas Eleitorais é o órgão eleito que irá supervisionar os esforços e assegurar que a realização das políticas DiEM25, em vez de querer apenas ganhar alguns lugares, é a prioridade número um. São quem conduz todas as negociações, com transparência e responsabilidade perante os membros, e quem coloca o seu resultado dessas negociações à votação de todos os membros antes de qualquer decisão final ou anúncio à imprensa. Também são quem constrói a nossa própria força política em cada país e prestam apoio profissional aos CEDs que quiserem usar uma campanha eleitoral para chamar a atenção para as políticas do DiEM25.

A Coordenação da Ala Eleitoral Italiana demitiu-se em maio. Enquanto alguns membros continuaram depois disso a discutir possíveis alianças com outros movimentos e partidos, estas discussões carecem de um mandato na ausência de uma ala eleitoral. Portanto, uma nova coordenação italiana de AE deve ser eleita urgentemente com um mandato, em primeiro lugar, para iniciar um diálogo entre os membros italianos sobre as lições que devemos tirar das eleições europeias, o nosso futuro compromisso eleitoral (se existir), e também as alterações aos estatutos da AE italiana.

Para poder eleger rapidamente a nova Coordenação da Ala Eleitoral Italiana, o CC sugere apenas uma emenda neste momento: Permitir que todos os 15 assentos neste órgão sejam eleitos com base em candidaturas individuais em vez de listas.

Concordas?

A votação está encerrada

Registar Regista-te